Tags

, ,

Parabéns rockeiros e parabéns rock’n’roll.

É só mais uma data, mas não custa aproveitá-la, já que ela existe, para deixar registrada a importância desta forma de expressão musical e artística e a sua importância para mim.

Eu escolhi Break on Through, dos Doors, pois para mim é um bom símbolo do que a música é capaz de fazer, de levar para o outro lado, em que você fica à flor da pele, em que sentimentos vem e vão descontroladamente, em que rimos ou choramos, em que pulamos, em que nos envolvemos. A música é poderosa e deleitar-se apenas ouvindo, curtindo, cantando junto, é especial.

Música é feita para se ouvir. Claro que faz sentido deixá-la tocando de fundo em casa ou numa festa, ouvir despretensiosamente enquanto estamos no carro e assim por diante, mas nada é igual à experiência de apenas ouvir, com atenção, dedicar-se a ela, apreciar as nuances, os detalhes.

A seção Versos do Dia deixa clara a minha preferência por canções. Eu gosto das letras, trato-as como poesia. E o rock é terreiro farto para essa expressão. Morrison, Lennon, Dylan, Russo, Raulzito e Cazuza e tantos, tantos outros que preferiram transgredir e agredir usando o rock como canal e sua poesia como mensagem. O rock é transgressão e é estilo, mas também é filosofia e conteúdo. Mesmo o punk rock. Mesmo o heavy metal. Mesmo as milhares de divisões e subdivisões com que adoramos catalogar a arte, para torná-la mais vendável e facilitar que encontre e forme seus nichos.

Mas nada disso é necessário. O que é necessário são três acordes mal tocados, boas ideias sendo repetidas, de preferência gritadas e muita distorção. Ou a progressão rosa e suas óperas muradas, ou ver pedras rolando em direção aos besouros, abrir portas para tocar o céu, pegar carona em um zeppelin cheio de mutantes, perguntar quem é e descobrir que é a rainha, conhecer engenheiros que se alistaram na legião estrangeira em busca da ira! que não pode ser encontrada em nenhum de nós. O sistema é fodão e o rock é minha musa!

Adoro a Kiss FM, presente que a minha esposa me deu, e mais ainda o seu bordão: “Não deixe o rock sair de você”. É isso, a gente não pode deixar isso acontecer. Amanhã eu vou ter quarenta. Mas o rock tem que continuar comigo.

Parabéns, bom e velho rock’n’roll.

Anúncios