Tags

,

O restaurante Babiló virou mais um…

Pois é, eu que não sou vegetariano me senti traído e, curiosamente, decidi não mais comer ali. Afinal, para quê?

Estava eu, com dois amigos, na praça de alimentação do shopping Market Place, em São Paulo, e optamos, como geralmente fazíamos, por comer no Babiló. Comida boa e criativa, preço justo, boa sobremesa. Foi com estranheza que vimos uma bandeja cheia de algo muito parecido com asas de frango. Estranhamos. Nos entreolhamos. Perguntamos. A resposta foi “perdemos a característica”.

Pesquisando sobre o restaurante para escrever esse desabafo, noto que realmente a ideia inicial era arrojada, levar a comida vegetariana para as praças de alimentação dos shopping centers. A empreendedora, Lourdes Bottura, já era dona de outra rede de restaurantes, a bem-sucedida Badebec.

Logo, mais incompreensível ainda a decisão agora tomada de pegar a sua identidade, a sua bandeira, e rasga-la fazendo com que o restaurante se transforme em apenas mais um self-service perdido entre tantos outros. Agora dá para montar um prato igualzinho ao que eu montei naquela dia no Viena…

Anúncios