Tags

, ,

dilbert-em-as-vezes-queremos-mas-nao-permitimos

(Chefe): Nós precisamos de ideias criativas para nosso próximo produto.
(Chefe): Mas não as suas (olhando para o Wally). Suas ideiais são horríveis.
(Chefe): E não sugiram nada que já esteja sendo feito. Isso só serve para evidenciar publicamente sua ignorância.
(Chefe): E não quero ouvir ideiais que custem dinheiro ou que aumentem os riscos.
(Chefe): Como sempre, eu vou avaliar cada ideia repetindo-a lentamente enquanto eu olho para vocês com desdém.
(Chefe): Se vocês aparecerem com uma boa ideia, eu vou deixá-los seguir adiante com o projeto em complemento às suas atividades atuais.
(Chefe): Quem quer começar?
(Chefe): Como eu contratei tantas pessoas que não tem ideias?
(Consultor): Provavelmente má sorte.


Às vezes queremos muito que as pessoas sejam de alguma forma… mas nem sempre percebemos que o terreno que criamos para que isso aconteça é totalmente estéril.

Anúncios